logo CL Prático

Curso preparatório para

Praticante de Prático

Programação 2018

Prezado Candidato

 

Bem vindo a mais uma iniciativa de excelência de nossa escola!

 

A CL sempre atenta aos interesses dos nossos alunos!

 

Considerando que a Prova Pratico-oral do Processo Seletivo para Praticante de Pratico constitui uma fase decisiva para a sua classificação e escolha da Zona de Praticagem, e que o seu desempenho será mensurado por meio da atribuição de grau que variará de 0 (zero) a 20 (vinte) pontos, a CL, em continuidade ao apoio prestado aos seus alunos, disponibiliza um “Workshop” de excelência voltado, exclusivamente, para a preparação para a fase de planejamento e apresentação de fainas de praticagem no cenário da baia da Guanabara.

 

Devido às características específicas do curso, que requer para o aprendizado atenção e dedicação exclusiva com poucos alunos por turma, após a fase I, que chamamos “demonstrativa", onde serão enfatizados e recordados os pontos essenciais de real interesse e inteiramente pertinentes com um “Passage Planning”, será feito, na fase II, um intenso trabalho prático de planejamento e exposição oral de cada aluno em várias situações de aproximação e navegação em águas restritas, ambientes meteorológicos distintos, destinos diferentes para atracação ou fundeio, tipos de navio, rebocadores disponíveis, etc. Todas as apresentações individuais serão seguidas de avaliação e orientação (debriefing) pelos experientes instrutores de nossa escola.

 

Este é nosso diferencial: treinamento intensivo, repetitivo e personalizado com turmas de poucos alunos; apresentações individuais e dedicação exclusiva com intensa interação aluno-instrutor.

 

Dando continuidade à preparação de nossos alunos para a Prova Prático-oral (PPO), teremos a fase III “Simulador de Passadiço” com dois dias de treinamento realizado no simulador de alto nível, adquirido recentemente.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO “WORKSHOP”.

 

Programa Geral

 

Objetivo: Orientar o candidato para realização da prova prático-oral, segundo os seguintes princípios:

 

  • Planejamento de seis diferentes e possíveis fainas de praticagem, incluindo o emprego de rebocadores, dentro do cenário compreendido pelas Cartas Náuticas números DHN 1.511, DHN 1.512 e DHN 1.515;
  • Apresentação oral do planejamento completo realizado no idioma inglês, buscando-se esmero no correto emprego do vocabulário marítimo padrão recomendado pela International Maritime Organization (IMO); e
  • Orientação para a execução, em ambiente virtual de simulador de manobras do navio (simulador de passadiço), de parte da faina de praticagem planejada.

 

Orientação didática e bibliográfica:

 

A orientação didática e bibliográfica do curso em suas três fases seguirá, exclusivamente, os tópicos do Conteúdo Programático do Anexo III do Edital do concurso publicado pela Diretoria de Portos e Costas. Contudo, para o aprendizado mais específicos dos assuntos relacionados ao Passage Planning, serão também adotadas as seguintes referências complementares:

 

  • The Master-Pilot Information Exchange – A best Practices Summary. The American Pilots’ Association;
  • Guidance to Masters – Gard P&I; e
  • The American Practical Navigator. An Epitome of Navigation. Nathaniel Bowditch, Ll.D.

Marina da Glória

Av. Inf. Dom Henrique s/ Nº Lj 17B

Rio de Janeiro – RJ